Você esta aqui Home Nossos temas Direitos para Todos Notícias Campanha contra racismo no Carnaval é lançada em nível nacional nos aeroportos e pontos de governo e cultura brasileiros

Direitos para Todos

Notícias

Campanha contra racismo no Carnaval é lançada em nível nacional nos aeroportos e pontos de governo e cultura brasileiros

06/02/2018

O Ministério dos Direitos Humanos por meio da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir) lançou nesta segunda-feira, dia 05/02, a Campanha Neste Carnaval Diga não ao Racismo. O objetivo principal da campanha é a valorização da cultura negra, sensibilizando o público em geral quanto à importância do respeito à identidade negra com enfoque no racismo sofrido por mulheres e homens negros no carnaval.

Passageiros, foliões e turistas dos principais aeroportos e rodoviárias do país receberão material informativo de enfrentamento ao uso negativo e caricato da imagem do negro como blackface e “nega maluca”, onde as pessoas pintam o rosto com tinta preta e usam peruca black power imitando pejorativamente a textura natural do cabelo crespo como forma de “homenagem”.

Lançada em nível nacional, serão espalhados 50 mil folders em formato de leques entre as esteiras de bagagem e balcões de informações dos aeroportos de Recife (PE), Congonhas (SP), Curitiba (PR), Rondônia (RO), Confins e Belo Horizonte (MG). Desenvolvida em parceria com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (INFRAERO) e a Fundação Cultural Palmares (FCP), esses aeroportos exibirão em seu sistema de telas informativas a identidade visual da Campanha.

No Aeroporto Santos Dumont (RJ), a campanha será lançada com a presença das equipes Seppir e da Infraero que estarão no balcão principal de informações para distribuir o material e fazer o trabalho de conscientização com os turistas do desembarque dos vôos nacionais e internacionais.

Em Salvador, o lançamento da campanha será realizado na sede do Ministério Público da Bahia e na inauguração da Casa do Carnaval da Bahia. Em Recife, na terça-feira, dia 06/02, a ação contará com o apoio do Secretário de Justiça e Direitos Humanos, José Eurico que fará o lançamento oficial do carnaval e da campanha na Secretaria de Justiça e Direitos Humanos, às 15 horas, já no Parque São Pedro, a festa fica por conta da animação dos blocos de afoxé Casas Populares da BR 23, Abê Adu Lofé, Maracatu Porto Rico e Afoxé Oxum Pandá, às 20 horas.

O Secretário Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Juvenal Araújo alerta que nenhuma forma de preconceito ou de discriminação deve servir como justificativa de “piada”, “adereços” ou “acessórios” e destaca o caráter de violação de direitos dessa prática racista, já que racismo é crime previsto na Lei 7.716. “O propósito da Campanha é ser usada como plataforma para combater esta modalidade de racismo enraizado na sociedade. Qualquer tipo de ação utilizada para ridicularizar o negro não deve ser praticada no Carnaval. O Blackface e a ‘nega maluca’ não são ferramentas de folia, mas sim de opressão e escárnio”, ressalta.

As cidades de Brasília, Goiânia, Manaus, Belém, Palmas, Acre também serão comtempladas pelas ações da Campanha.

Para denúncias: Disque 100  ou baixe aplicativo Proteja Brasil

 

Compartilhar

Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone