Notícias

Em encontro do Ministério Público, procuradores reforçam papel da instituição na proteção de direitos humanos

publicado: 07/03/2018 11h18, última modificação: 14/05/2018 23h35

O ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, participou nesta quarta-feira (07) da abertura da I Reunião Ordinária do Grupo Nacional de Direitos Humanos (GNDH) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios.

Durante a abertura da reunião, o Procurador-Geral de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Leonardo Roscoe Bessa, destacou a importância, abrangência e urgência das questões relacionadas aos direitos humanos no Brasil. "O cenário atual requer medidas efetivas para combater as violações. Esta é uma demanda do próprio cidadão, que se pronuncia pelas políticas em favor da vida e das garantias de direitos fundamentais", afirmou.

A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, reforçou a importância do Ministério Público e da Constituição Federal para a proteção de direitos humanos, relembrando que ambos completam 30 anos em 2018. "Os direitos humanos são um valor inafastável. É nosso dever, enquanto Ministério Público, ter uma atuação contínua e incessante neste campo, sempre em parceria com a sociedade civil", explicou.

Além da abertura formal, os membros do GNDH vão discutir o calendário de atividades das Comissões Permanentes e outras propostas para o ano.

Reportar erro