Notícias

MDH debate o ciclo da violência nesta quinta-feira (6)

publicado: 04/12/2018 17h27, última modificação: 04/12/2018 18h42
MDH debate o ciclo da violência nesta quinta-feira (6)

O Ministério dos Direitos Humanos (MDH), por meio da Secretaria Nacional de Políticas para Mulheres (SNPM), realiza nesta quinta-feira (06), seminário “O Ciclo da Violência: da agressão verbal ao feminicídio”, em Brasília. O evento contará com palestra do Ministério Público, Tribunal de Justiça, Delegacia da Mulher, ONU Mulheres e especialista da SNPM.

A proposta é discutir o ciclo da violência, além de promover o debate sobre os avanços e melhorias observadas no processo de enfrentamento à violência, considerando o dia a dia das instituições diretamente envolvidas no tratamento do problema.

“Mais que nunca precisamos reforçar a batalha. Os números de mortes de mulheres são altos e apenas em 2017, cresceu 6,1% no Brasil. Entendemos que muitos dos casos estão associados aos relacionamentos abusivos, por este motivo, optamos por alertar a população sobre essa questão tanto na campanha Você Tem Voz, lançada no dia último 25/11, quanto na realização deste seminário. É preciso enfrentar a violência contra as mulheres. Apostamos na construção de políticas públicas de forma colegiada”, reforçou a secretária nacional de Políticas para Mulheres, Andreza Colatto.

O evento, que acontece durante os 16 dias de ativismo, será realizado, simbolicamente, no Dia Nacional de Mobilização dos Homens pelo Fim da Violência contra as Mulheres, e terá como palestrantes dois homens, conhecidos pelo trabalho diferenciado no processo de enfrentamento à violência. São eles, o juiz Ben Hur e o promotor de justiça Fausto Lima.  A data, que faz parte do calendário oficial da SNPM, foi instituída no Brasil pela Lei nº 11.489/2007.

Laço Branco – A data, mais conhecida como o dia do Laço Branco, remete a um evento ocorrido em 1989, em Montreal, no Canadá, quando Marc Lepine, de 25 anos, invadiu uma sala de aula da Escola Politécnica. Ele ordenou que os homens se retirassem e começou a atirar, assassinando 14 mulheres.  O rapaz suicidou-se em seguida. Marc deixou uma carta justificando o ato: não suportava a ideia de ver mulheres estudando engenharia, um curso tradicionalmente masculino.


Serviço:

Evento: Seminário “O Ciclo da Violência: da agressão verbal ao feminicídio”

Data: 06/12 (quinta-feira)

Horário: 9h às 12h (credenciamento a partir das 8h)

Local: Palácio da Justiça – Auditório Tancredo Neves (Esplanada dos Ministérios)

Contato: Niege Neves (61) 98282-6391

Reportar erro