Aviões destinados a atender indígenas são abandonados e causam prejuízo de até R$ 3 mi

publicado 08/07/2019 17h53, última modificação 08/07/2019 17h53

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, vistoriou neste final de semana oito aviões da Fundação Nacional do Índio (Funai) que, segundo relatório, foram deixadas desde a década passada em hangares dos aeroportos de Goiânia/GO, Brasília/DF, Rio de Janeiro/RJ e Itaituba/PA. Há ainda uma aeronave do Incra, cedida à Funai para o atendimento aos indígenas. O prejuízo com aluguéis não pagos pode chegar a R$ 3 milhões.

Saiba mais

Reportar erro