Dinheiro para construção de Memorial da Anistia saiu do Fundo Penitenciário, diz ministra

publicado 13/08/2019 18h56, última modificação 13/08/2019 18h56

A obra inacabada do Memorial da Anistia, em área nobre de Belo Horizonte/MG, foi iniciada a partir de transferência de verbas destinadas à construção de presídios e à modernização da Polícia Federal. A informação foi divulgada pela ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, durante vistoria no local, na manhã desta terça-feira (13). Leia mais

Reportar erro