Notícias

MDH promove qualificação em igualdade racial para gestores do município de Colombo/PR

publicado: 11/09/2018 11h02, última modificação: 11/09/2018 12h02

Para tratar das boas práticas de gestão adotadas na promoção da igualdade racial no âmbito do governo federal, o secretário nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do Ministério dos Direitos Humanos, Juvenal Araújo, fará uma visita ao município de Colombo, localizado na Grande Curitiba/PR, nesta terça-feira (11).

Na programação, está prevista uma série de atividades, como a visita aos bairros Vila Zumbi dos Palmares, Vila Liberdade e à Associação dos Moradores do Bairro Parolin, com o objetivo de dialogar sobre políticas públicas de promoção da igualdade para estas regiões consideradas carentes.

O Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir) será apresentado na reunião, que será realizada com o vice-prefeito do município de Curitiba, Eduardo Pimentel. A ideia é institucionalizar a política de igualdade racial e de enfrentamento ao racismo para conferir maior efetividade e melhoria dos serviços públicos direcionados à população negra.

“Será um dia intenso e muito gratificante. Nosso propósito é incentivar a qualificação e a autonomia destes entes federados, para que seus gestores sejam capazes de pluralizar nossa política de igualdade racial”, destaca o secretário.

Com referência às políticas transversais e enfrentamento ao racismo, Juvenal Araújo cumprirá agenda com a prefeita de Colombo, Izabeti Pavin, para tratar da implantação do departamento de igualdade racial no município.

A convite da Câmara Municipal de Colombo, o secretário participará ainda da sessão ordinária para discorrer em tribuna livre sobre a missão da Seppir, e os desafios para implantar e implementar ações afirmativas e de superação do racismo.   

Por fim, será realizada uma visita à Delegacia de Vulneráveis que atende ocorrências de discriminação e preconceito. O setor especializado na Polícia Civil no registro e investigação de crimes de ódio está instalado junto à Delegacia de Proteção à Pessoa, na capital paranaense. A criação deste núcleo foi fomentada pela Seppir juntamente com Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Ministério Público do Estado do Paraná (MP/PR).

Reportar erro