Notícias

Psicóloga assume Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente

publicado: 12/02/2019 19h02, última modificação: 12/02/2019 19h02

Empossada nesta segunda-feira (11), a secretária nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Petrúcia de Melo Andrade, afirma que as prioridades do órgão incluem trabalhar na prevenção à violência auto-infligida e seus desdobramentos (automutilação e suicídio), violência sexual contra crianças e adolescentes e na prevenção da gravidez não intencional, “incluindo o pai adolescente, porque a menina não engravida sozinha”. “Também vamos focar no fortalecimento das políticas de promoção e defesa de direitos fazendo interlocução com órgãos afins e instituições parceiras”, destaca.

A representante do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) ressalta que é necessário ter um olhar especial para as políticas públicas que visem ao fortalecimento dos Conselhos de Direitos de Crianças e Adolescentes, além de continuar com a política de equipagem de Conselhos Tutelares.

Currículo

A secretária é graduada em Psicologia e possui especialização na área de Criminologia e Violência Urbana. Atuou na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e na Secretaria Municipal de Direitos e Cidadania, em Contagem/MG. Foi Consultora de Políticas Públicas na área de Combate à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes. Tem experiência em Gestão Pública. É professora de Psicologia Aplicada e Ética Profissional.

SNDCA

A Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA/MMFDH) possui a missão de desenvolver políticas públicas específicas. As atribuições incluem coordenar: as ações e medidas governamentais referentes à criança e ao adolescente; a produção, a sistematização e a difusão das informações; a política nacional de convivência familiar e comunitária; a política do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

Reportar erro