Notícias

Mais de 18 mil denúncias de violações contra jovens são registradas pelo Disque 100

publicado: 14/06/2019 15h19, última modificação: 14/06/2019 17h05
Mais de 18 mil denúncias de violações contra jovens são registradas pelo Disque 100

Nesta sexta-feira (14), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) divulgou balanço anual referente às denúncias de violações contra a juventude, no âmbito do Disque 100 (Disque Direitos Humanos). Em 2018, o serviço registrou 18.485 casos de violação contra jovens, somando mais de 20 mil vítimas de 15 a 29 anos.

A ministra Damares Alves explica que, embora o Disque 100 não tenha um módulo específico para o atendimento relacionado à juventude, o MMFDH considera importante o apontamento dos registros. “As políticas públicas devem ser específicas e observadas de acordo com as necessidades desses jovens, que já somam mais de 51 milhões de brasileiros”, enfatiza.

Para a ministra, alguns aspectos devem ser observados de forma cuidadosa e com um olhar atento às especificidades dessa faixa etária, considerando que esse público vive a fase de experimentação e inserção na vida social, política, econômica, cultural e intelectual.

Considerando as violações recorrentes contra a população jovem, os homicídios representam 0,5%, sendo Minas Gerais, Rio de Janeiro e Pará os estados com os maiores números.

Ainda de acordo com as estatísticas atuais, os jovens estão predominantemente entre o maior índice de homicídios no país. Esses dados dialogam com o índice de criminalidade que vem aumentando constantemente.

Segundo pesquisa realizada em 2018, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), o Brasil tem a taxa de homicídio 30 vezes maior que a Europa e atinge principalmente vítimas do sexo masculino e jovens.

Ações

A secretária nacional da Juventude do MMFDH, Jayana Nicaretta da Silva, afirma que a violência contra os jovens deve ser combatida com políticas públicas que atuem na inserção dessa parcela da população no mercado de trabalho. “Para isso, a Secretaria Nacional da Juventude (SNJ) está criando oportunidades para a entrada da juventude nas novas profissões. O Espaço 4.0, projeto em desenvolvimento, chega para a capacitação profissional baseada nas novas demandas tecnológicas”, afirma.

A gestora ressalta que o Espaço 4.0 será doado pelo Governo Federal aos municípios em forma de container com equipamentos de última geração, direcionado para capacitação do público jovem de 15 a 29 anos de idade. O espaço será instalado em comunidades de alta vulnerabilidade social.

Jayana explica, ainda, que a escolha do container se deu por possibilitar instalação moderna e rápida em lugares mais isolados e remotos. “O espaço pode se adequar à realidade local e atender jovens que estão desassistidos e sem perspectivas”.

O espaço visa abrigar, também, oficinas para qualificação dos jovens para o mercado de trabalho, definidas de acordo com um estudo prévio na região, para se adequar às realidades locais com, por exemplo, oficinas de artesanato, marcenaria, entre outros. O projeto será desenvolvido com o menor custo possível.

“Com este projeto, a SNJ espera o aumento das perspectivas de ingresso no mercado de trabalho e inspiração ao empreendedorismo, a redução da exposição à criminalidade e dependência química, a preservação da integridade física e moral de mulheres e pessoas em estado de vulnerabilidade, por meio de oportunidade e perspectiva. Também visa ter acessibilidade para pessoas com deficiência, aumento de produtividade e qualidade de vida”, conclui a secretária.

Disque 100

O Disque 100 é um serviço de discagem direta e gratuita disponível para todo o Brasil. Tem como função acatar e encaminhar denúncias de violações de Direitos Humanos envolvendo crianças e adolescentes, pessoas idosas, pessoa com deficiência, população em situação de rua, população LGBT, igualdade racial, pessoas em privação de liberdade, conflitos agrários e urbanos, demandas indígenas, entre outros. A ferramenta também pode ser acionada por meio do aplicativo Proteja Brasil.

Download – Acesse os dados

error while rendering plone.belowcontenttitle.contents
Reportar erro