Notícias

Política de uso e convivência nas redes sociais

publicado: 18/06/2019 16h59, última modificação: 18/06/2019 16h59

As redes sociais do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos foram criadas com intuito de divulgar a atuação da Instituição para a sociedade, como meio de disseminar e ampliar o acesso à informação.

Para adequar as páginas às pessoas de todas as idades que têm acesso às redes sociais, as mensagens e os comentários de usuários estarão sujeitos a moderação e filtragem. Conforme definido pela Assessoria de Comunicação Social da Instituição estas são regras de uso e convivência para que a relação seja respeitosa e atinja seu objetivo principal:

• São vedadas mensagens e/ou comentários/fotos/vídeos desrespeitosos, abusivos, ilegais, caluniosos, ameaçadores, jocosos, profanos, difamatórios, discriminatórios, ofensivos, obscenos, preconceituosos, racistas, homofóbicos, de caráter publicitário (spam) ou comercial, fraudulentos, danosos, fora de contexto, que contenham links suspeitos, que divulguem informações pessoais, sejam escritos em caixa alta (letras maiúsculas) ou que procurem promover ou difamar a imagem de figuras públicas, civis e colaboradores da Instituição.

• Não serão aceitas mensagens que usem a imagem de terceiros, entidades ou marcas comerciais.

Caso sejam identificadas manifestações com qualquer um desses temas ou teor, a mensagem será removida e o usuário poderá ser bloqueado imediatamente, independentemente de justificativa, consulta ou alerta prévio.

Ao utilizar este espaço, o cidadão está de acordo e ciente das regras de uso e de convivência aqui descritas, bem como quaisquer outras aplicadas pelos fornecedores dos serviços, conforme disposição em seus respectivos aplicativos e formulários de cadastro.

As demandas de imprensa serão tratadas exclusivamente pelo e-mail imprensa@mdh.gov.br e os atendimentos da Ouvidoria são feitos pelo Disque 100, Ligue 180 ou pelo e-mail ouvidoria@mdh.gov.br.

Reportar erro