Notícias

Governo Federal e Ministério Público promovem pautas de valorização dos povos ciganos

publicado: 26/03/2019 16h52, última modificação: 26/03/2019 16h53
Reunião

A secretária nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial – do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) – Sandra Terena, se reuniu com representantes da Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais do Ministério Público Federal (6CCR/MPF), nesta sexta-feira (22).

Na ocasião, estiveram presentes o vice-procurador-geral da República, Luciano Mariz Maia, e o coordenador da 6CCR, o subprocurador-geral da República Antonio Carlos Bigonha.

Durante o encontro, foram discutidos os encaminhamentos para a realização de um evento em homenagem ao Dia do Cigano, celebrado em 24 de maio. Durante a atividade será lançado o Guia de Referência sobre Direitos dos Ciganos e uma coletânea de artigos.

Na ocasião, a secretária reiterou que a Seppir deseja aprofundar o diálogo e promover ações conjuntas com o MPF. "A articulação de órgãos é o primeiro passo para uma caminhada muito significativa", assegurou, lembrando que pauta dos ciganos é uma das prioridades da Secretaria.

Também foi defendida a inclusão dos ciganos no censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cumprindo a recomendação encaminhada pela 6ª CCR no ano passado.

“Um levantamento quantitativo e qualitativo dos ciganos é considerado fundamental para a elaboração e implementação de políticas públicas desse segmento da população”, completou Terena.

Ministério Público

Os membros do MPF apresentaram algumas reivindicações recebidas de povos ciganos, incluindo a melhoria da infraestrutura dos acampamentos e a implementação de ações de combate à discriminação, assim como o fortalecimento de sua identidade e visibilidade.

Reportar erro