Notícias

Representantes do MMFDH vão a Suzano/SP apoiar vítimas de tragédia em escola

publicado: 14/03/2019 09h42, última modificação: 14/03/2019 10h49

Na manhã desta quinta-feira (14), integrantes do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) estão a caminho de Suzano/SP para acompanhar a situação referente à tragédia que ocorreu em uma escola do município. Segundo informações das autoridades competentes, dois homens atiraram contra alunos, professores e funcionários no dia anterior (13). Houve cerca de 10 mortes.

A ministra Damares Alves estava em viagem oficial aos Estados Unidos, mas se manifestou sobre o ataque. “Acordamos hoje com esta terrível notícia e estou estarrecida. Às famílias manifesto meu imenso pesar e coloco este ministério à disposição para prestar todo o apoio necessário. Que Deus abençoe os que estão em atendimento para que sobrevivam”.

Entre os membros, a comitiva do ministério conta com a secretária nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, Petrúcia Melo, e a coordenadora de Enfrentamento a Vícios e Impactos Negativos do Uso Imoderado de Novas Tecnologias da Secretaria Nacional da Família (SNF), Letícia Araújo. Na agenda, constam encontros com o governador de São Paulo, João Dória, e com autoridades locais.

 

Criança e adolescente

A secretária Petrúcia visa prestar solidariedade às famílias atingidas, além de contribuir com um plano de ação que já está sendo desenvolvido pelo Governo de São Paulo e Prefeitura de Suzano.

Entre as propostas da força-tarefa, está a criação de um Centro de Apoio às Famílias, no qual serão oferecidos atendimentos psicológicos aos envolvidos. Reitores e professores de universidades públicas são parceiros nesta iniciativa.

“Estamos profundamente entristecidos com essa tragédia. A nossa presença será de solidariedade e apoio aos atingidos direta ou indiretamente pelo caso”, declarou a gestora.

 

Educação

Integram as ações do Governo Federal a visita do ministro da Educação, Ricardo Vélez, que também está se deslocando para o município paulista nesta quinta-feira (14).

Reportar erro
registrado em: