Notícias

Governo lança campanha de enfrentamento à violência contra a mulher

publicado: 25/11/2019 18h58, última modificação: 25/11/2019 19h39
Governo lança campanha de enfrentamento à violência contra a mulher

Foto: Willian Meira/MMFDH

O Governo Federal, por meio da Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República (Secom) lançou, nesta segunda-feira (25), a campanha publicitária “Enfrentamento à Violência Contra a Mulher – 2019”. O anúncio foi feito durante cerimônia de celebração pelo Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra a Mulher, realizada nesta segunda-feira (25), no Palácio do Planalto. Entre outros, a solenidade contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, da primeira-dama Michelle Bolsonaro e da ministra da Mulher, da Família e Direitos Humanos, Damares Alves. 

Só no primeiro semestre deste ano, o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio do Ligue 180 – Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência – recebeu 46.510 denúncias de violações contra mulheres. O número representa um aumento de 10,93% em relação ao mesmo período de 2018. Os dados, da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos do Ministério, revelam a necessidade de convocar a população brasileira para combater a violência contra a mulher.

“Já passou da hora de combatermos a violência contra a mulher. É inaceitável que tantas mulheres no Brasil e no mundo passem sejam vítimas de agressão e tantos tipos de abuso. É hora de abrirmos nossos olhos para ver, abrirmos nossas bocas para denunciar e estendermos nossas mãos para acolher. Essa luta é de todos nós! Esta gestão não vai descansar até ver os índices da violência despencarem e chegarem a zero”, disse a Ministra.

Damares também falou sobre inúmeras políticas e leis voltadas às mulheres já implementadas nesta Gestão. Em sua fala, a Ministra anunciou que, a partir de janeiro de 2020 o Ligue 180 também será atendido por vídeo conferência, para que mulheres surdas tenham garantidos o direito à acessibilidade e a denúncia. Também a partir de janeiro, segundo a Ministra, todas as delegacias do Brasil também serão delegacias da mulher. “Vamos capacitar todos os agentes de delegacias do Brasil. Nem que seja uma salinha pequenininha, todas as delegacias do país vão ter atendimento especializado à mulher”, disse ela.

Em sua fala, o Presidente Jair Bolsonaro agradeceu o trabalho da Ministra. “Você é mais uma mulher certa no lugar certo. É uma escolha difícil, não da minha parte, mas da sua parte em aceitar. Você sofre com isso, você é agredida por sua missão. Mas você sabe, como cristã, que não existe prazer maior em ajudar ao próximo, em especial à mulher brasileira. Damares, muito obrigada por você existir”, concluiu o Presidente.

A Campanha

No Brasil, a cada seis minutos, um caso de violência contra a mulher é registrado pelo Ligue 180. Com o objetivo de sensibilizar, esclarecer e convocar os brasileiros para uma união nacional no combate a esse grave problema, a Secom apresentou três vídeos publicitários, sendo um deles um clip com participação das artistas Simone e Simaria. Além desses produtos a serem veiculados em televisão aberta, a ação engloba spots de rádios e peças para cinema e internet, incluindo o uso da hashtag #vctemvoz. Saiba mais 

Assista ao vídeo - Simone & Simaria - Amor que dói #vctemvoz

Violência

A violência contra mulheres assume muitas formas, indo muito além da física e alcançando um amplo espectro econômico-social. Violência contra a mulher é qualquer conduta - ação ou omissão - de discriminação, agressão ou coerção, ocasionada pelo simples fato de a vítima ser mulher, que cause dano, morte, constrangimento, limitação, sofrimento físico, sexual, moral, psicológico, social, político, econômico ou perda patrimonial. Essa violência pode acontecer tanto em espaços públicos como privados.

Denúncias

De acordo com o Sistema Integrado de Atendimento à Mulher, em 2018 o Ligue 180 recebeu 92.663 denúncias. Entre as denúncias registradas em 2019, estão: ameaças (1.844), cárcere privado (1.243), feminicídio (36), tentativa de feminicídio (2.688), homicídio (6), tentativa de homicídio (67), trabalho escravo (14), tráfico de mulheres (16), violência contra a diversidade religiosa (11), violência doméstica e familiar (35.769), violência física (1.1050), moral (1.921), obstétrica (116), policial (385), sexual (1.109) e virtual (180).

Reportar erro