Notícias

Campanha Acolha a Vida é lançada em Teresina/PI

publicado: 04/10/2019 16h05, última modificação: 04/10/2019 16h05
Lançamento da campanha

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio da Secretaria Nacional da Família (SNF), lançou a campanha Acolha a Vida no município de Teresina/PI, na última segunda-feira (30). Em parceria com a Prefeitura e a Fundação Municipal de Saúde (FMS), o evento reuniu aproximadamente 200 pessoas. Na ocasião, foi realizado um curso de capacitação sobre prevenção ao suicídio e à automutilação oferecido aos pais e responsáveis, profissionais de educação, saúde e segurança pública.

O evento contou com a participação da secretária nacional da Família, Angela Gandra, prefeito Firmino Filho, o presidente da FMS, Charles Silveira, a gerente de Saúde Mental da FMS, Luanna Bueno, e vereadores, além de profissionais da saúde, educação, do Exército e sociedade em geral.

Na ocasião, a secretária Angela afirmou que a SNF não atua apenas no combate, mas também na prevenção e acolhimento. “Existe hoje uma crise de amor na sociedade, e muitas vezes você não é capaz de olhar para a própria família e perceber algum indício que demonstre uma tendência ao suicídio. É preciso despertar, é preciso cuidar, pois o carinho é o berço da saúde”, concluiu.

Prefeito de Teresina, Firmino Filho fez questão de reforçar a parceria realizada com o MMFDH. Segundo ele, o objetivo é progredir sempre, principalmente na proteção às famílias e à proteção da vida. Ele citou, ainda, o “maravilhoso trabalho desenvolvido no combate ao suicídio pelo programa municipal Provida de Enfrentamento ao Suicídio, que está sendo ampliado devido à grande demanda”.

Em seguida, a gerente de saúde mental da FMS, Luanna Bueno, informou que, para contribuir com a prevenção, a população deve se apropriar de informações sobre a temática. “É preciso ter informações e falar da maneira correta. A prevenção é uma corrente de todos e não só da área da saúde”, afirmou.

Agenda

O psicólogo clínico Carlos Henrique de Aragão Neto, membro da International Association for Suicide Prevention (IASP) e da Associação Brasileira de Estudos e Prevenção do Suicídio (Abeps) ministrou o curso "Prevenção ao Suicídio e à Automutilação: um dever de todos".

Também participaram do evento o coordenador da Diretoria de Desafios Sociais no Âmbito Familiar da SNF/MMFDH, Marcos Maurício Pereira, além de representantes do Ministério Público Estadual, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Tribunal de Justiça do Amapá, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Saúde, Marinha do Brasil, entre outras instituições públicas e privadas.

Reportar erro