Notícias

Ministra Damares é homenageada em cerimônia na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro

publicado: 30/10/2019 16h16, última modificação: 30/10/2019 17h29
Ministra Damares é homenageada em cerimônia na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro

Foto: Willian Meira/MMFDH



Na manhã desta quarta-feira (30), a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, recebeu a medalha Tiradentes, a maior homenagem concedida pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Concedida pelo governo do Estado, a honraria é destinada a pessoas que tiveram papel relevante na construção de políticas públicas ou na prestação de serviços à população do Rio de Janeiro.

Durante a sessão solene, Damares agradeceu o reconhecimento em nome do órgão e comemorou os avanços conquistados na gestão. "Presenciamos uma taxa de 24% menos homicídios no Brasil em oito meses de governo. São mais de 7 mil famílias que não estão chorando. Mães que não perderam os filhos, maridos que não perderam esposas porque a violência está diminuindo no Brasil. O abuso sexual está acabando, a nossa economia está crescendo somos uma nova nação", afirmou.

A titular do MMFDH destacou, ainda, a atuação do presidente Jair Bolsonaro: "Eu quero dividir essa medalha com o presidente da República Jair Messias Bolsonaro. Na eleição, este homem falou em três coisas: economia forte, combate à violência e à corrupção e valores. Este último é competência do nosso ministério. Estamos firmes e fortes, caminhando", concluiu.

Ações em 300 dias

Em seu discurso na Alerj, a ministra também citou algumas das ações em prol da igualdade e do fortalecimento da família apresentadas no último dia 24, quando foi realizada, em Brasília, cerimônia em comemoração aos 300 dias de governo.

Entre elas estão as campanhas de Valorização da Vida, Acolha a Vida e Se Liga! #DêUmLikeNaVida, que objetivam o combate ao suicídio e à depressão; equipagem de Conselhos Tutelares de São Paulo e do Paraná com entrega de 30 bebedouros, 69 veículos e 42 refrigeradores; implantação do Programa Criança Protegida no estado de Rondônia, com a formação de 540 profissionais do Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente dos municípios do estado; realização de 10 (dez) Seminários de Boas Práticas em Envelhecimento Ativo e Saudável e a implantação do Programa Viver em 30 municípios de 13 estados.

Reportar erro