Notícias

Em Manaus/AM, secretária do MMFDH articula ações de enfrentamento ao suicídio e combate às drogas nas populações indígenas

publicado: 11/09/2019 20h25, última modificação: 11/09/2019 20h25
Secretária Sandra Terena

Nestas terça e quarta-feira (10 e 11), a secretária nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Sandra Terena, visitou a região conhecida como “Cabeça do Cachorro”, no extremo noroeste do Amazonas. Ela também esteve na capital do estado, Manaus.

Junto a uma comitiva que incluiu lideranças indígenas como Álvaro Tukano e Mateus Terena, a titular da Secretaria Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SNPIR) fez articulações para a realização do Fórum Internacional de Enfrentamento ao Suicídio e à Drogadição Indígena, além da Copa de Futebol do Triângulo Tukano. O evento está sendo idealizado pela Seleção Indígena de Futebol do Brasil e das Américas (SIFBA).

A região da “Cabeça do Cachorro” faz fronteira entre Brasil, Colômbia e Venezuela, e inclui o município de São Gabriel da Cachoeira/AM, onde existe um alto índice de suicídio entre indígenas, bem como um número crescente de dependentes químicos. “Muito mais do que prepararmos um evento, o objetivo dessa visita foi ouvir as comunidades e lideranças locais, as pessoas da região, para sabermos de que forma podemos executar políticas públicas que cheguem até essas comunidades”, afirmou Terena.

Políticas públicas

A SNPIR e a SIFBA entendem que o esporte é uma maneira muito eficaz de proporcionar novos caminhos para os jovens. “Sendo assim, a realização desse torneio poderá trazer reflexos positivos para inúmeras comunidades indígenas de toda a região”, disse a secretária.

“Estamos articulando com o Ministério da Defesa, Federação da Indústria, Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), governo do estado e também com a sociedade civil para realizarmos este evento. Mas a nossa proposta, muito mais do que o evento em si, é fomentar as políticas públicas para as comunidades indígenas em conjunto com outros órgãos do governo. O governo federal visa trabalhar pelo protagonismo dos povos indígenas”, completou.

Agenda

Na terça-feira (10), a titular da SNPIR participou de uma reunião na Federação das Indústrias do Estado do Amazonas a respeito da Copa e do Fórum e esteve em uma solenidade de formatura com passagem de Chefia do Estado Maior do Exército, o Comando Militar da Amazônia (CMA). Terena também participou de reuniões na Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA) e no 9º Distrito Naval, além de se reunir com a secretária de Estado da Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Caroline Braz.

Na quarta-feira (11), a secretária Sandra e a comitiva viajaram para São Gabriel da Cachoeira/AM, onde estiveram na Câmara de Vereadores. “Mais de 90% da população do município é indígena. Fomos ouvir suas demandas e eles ficaram muito felizes de ter a visita do Governo Federal ali, olhando para eles”, relatou Terena.

A secretária afirmou, também, que a ida até essa região longínqua é uma determinação do presidente Jair Bolsonaro e da ministra Damares Alves, para que este governo olhe para as comunidades até então invisibilizadas.

“Estamos articulando a realização desse evento, mas muito mais do que isso, queremos pensar e construir em conjunto políticas públicas de enfrentamento à drogadição, enfrentamento ao alcoolismo, pontos que acabam resultando no suicídio. Vamos somar esforços em todas as esferas possíveis – federal, estadual e municipal, para que possamos trabalhar e alcançar essas populações”, concluiu.

Reportar erro