Notícias

Programa Viver é inaugurado em Roraima

publicado: 18/09/2019 19h38, última modificação: 19/09/2019 17h03
Programa Viver

Uma iniciativa do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (SNDPI), o Programa Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável foi inaugurado em Roraima nesta quarta-feira (18), na capital Boa Vista. O evento teve a presença da ministra Damares Alves, do governador Antonio Denarium e do titular da SNDPI, secretário Antonio Costa.

“Não é só ensinar o idoso a acessar a internet, buscar receitas, assistir filme. A internet é uma forma de chamá-los. Primeiro, existem pessoas que querem voltar para o mercado de trabalho, que estão aposentadas, e hoje em dia não tem como voltar sem saber o mínimo de tecnologia. Então o objetivo também é capacitá-los nesse mundo online, nesse novo mercado”, afirmou a ministra.

Damares acrescentou que, para além disso, há o foco na educação financeira e promoção de direitos. “Nós temos muitos idosos vítimas de fraudes no Brasil, com essa história de consignado. Esse espaço também é para orientá-los em relação aos golpes e para dar informações sobre direitos que eles têm”, ressaltou.

Pelo MMFDH, também esteve presente a secretária nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Sandra Terena. Em Boa Vista/RR, o Programa irá funcionar na Unidade Rede Melhor Idade – Centro de Referências do Idoso, na Rua Cabo PM Lawrence de Melo, 259, Caranã.

Ação

Sobre a iniciativa, o secretário Antonio Costa ressalta a importância da parceria entre os governos federal e municipais. “No Programa Viver, os compromissos são mútuos. A adesão é voluntária. O município encaminha um ofício que deve conter uma breve justificativa sobre a relevância e a pertinência de receber o Programa. O Conselho dos Direitos da Pessoa Idosa precisa estar ativo e, além disso, a Prefeitura deve disponibilizar o espaço para a instalação dos equipamentos e estabelecer as parcerias. Os equipamentos são doados pelo MMFDH, por meio da SNDPI, como computadores, webcams, projetores e impressoras”, explica.

Programa

O Viver – Envelhecimento Ativo e Saudável visa a otimização de oportunidades para inclusão digital e social, assegurando a participação da pessoa idosa, com a finalidade de elevar a qualidade de vida. As ações incluem as áreas da tecnologia, educação, saúde e mobilidade física.

Assista ao vídeo - Programa Viver é inaugurado em Roraima

Reportar erro