Notícias

Publicada a "Declaração de Princípios do Uso Inteligente da Tecnologia”

publicado: 18/09/2019 15h22, última modificação: 26/09/2019 15h37

Nesta quarta-feira (18), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), por meio da Secretaria Nacional da Família (SNF), divulgou o relatório “Declaração de Princípios do Uso Inteligente da Tecnologia”. O documento tem a proposta de levantar e descrever assuntos tratados durante o seminário “Uso Inteligente da Tecnologia: desafio para as famílias e a sociedade”, realizado no dia 4 de julho de 2019, em Brasília.

O evento marcou o início das ações do Programa Reconecte, que visa tratar as influências das novas tecnologias na família e sociedade atual. A publicação pretende, ainda, levantar as bases norteadoras das ações do referido programa.

“Nós estamos vindo com essa proposta de reconectar as famílias e reunir todos que já estão trabalhando com esta temática. A nossa proposta consiste em buscar parcerias e fortalecer as ações já existentes. Enquanto Poder Público, precisamos propor soluções para este problema que afeta muitas famílias, o distanciamento devido à má utilização dos recursos tecnológicos”, disse a ministra no evento.

O relatório explana sobre as palestras que foram ministradas na ocasião, como a apresentação do coordenador do Núcleo de Dependências Tecnológicas do Programa Integrado dos Transtornos do Impulso (PROAMITI), do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Cristiano Nabuco. Ele falou sobre as dependências tecnológicas e as novas doenças do século XXI.

O palestrante relatou que trabalha há quase duas décadas junto a hospitais públicos, acompanhando dramas humanos nos ambulatórios. Ele afirmou que “estamos nos debruçando sobre o que possivelmente será um problema de saúde pública”. O profissional considera inédita no mundo a iniciativa desse governo lançar o olhar para uma preocupação que, “sem dúvida, vai ceifar vidas e a sociedade ainda vai pagar um preço muito alto por isso”.

Reconecte

No âmbito do Programa Reconecte, o coordenador-geral de Enfrentamento a Vícios e Impactos Negativos do Uso Imoderado de Novas Tecnologias da SNF, Daniel Celestino, apresentou as ações como uma resposta do Governo Federal. Segundo ele, este é o clamor de especialistas, cuja ideia não é condenar, mas fazer uso inteligente dos recursos tecnológicos.

Ele ainda fez referência ao fato de a tecnologia ter interferido positivamente na sociedade e nas empresas, trazendo como exemplo novas tecnologias para a saúde, inteligência artificial, banco de dados para a área jurídica, impressora 3D para confecção de próteses, entre outros.

Detox digital

O coordenador-geral apresentou, ainda, a campanha “Desafio Detox Digital Brasil”, que visa alertar a população a respeito dos riscos subjacentes ao uso tecnológico. “Para isso, a ideia é promover um grande dia “D”, no qual as pessoas serão desafiadas a ficar 24 horas sem tecnologia, realizando atividades em família, exercícios físicos, leituras, práticas esportivas, passeios, entre outras”, afirmou Celestino.

Download: Acesse a publicação

Acesse mais informações sobre o Programa Reconecte

error while rendering plone.belowcontenttitle.contents
Reportar erro