Notícias

Brumadinho/MG: Disque 100 recebe 61 denúncias sobre a tragédia

publicado: 28/01/2019 23h00, última modificação: 04/02/2019 13h58

Com atendimento prioritário às demandas sobre o rompimento de barragem em Brumadinho/MG, o Disque 100 – Disque Direitos Humanos recebeu 61 denúncias até a tarde desta terça-feira (29). Na mesma linha, o Ligue 180 – Central de Atendimento à Mulher realizou 13 atendimentos durante o período. Ambos os serviços são gratuitos e de responsabilidade do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).

Das ligações para o Disque 100, 13 informavam desaparecimentos, 36 solicitavam paradeiros de vítimas, oito denunciaram violações de direitos, uma solicitou resgate e três alertavam sobre outras situações de perigo. Todas as mensagens foram encaminhadas às autoridades competentes.

O Ligue 180 recebeu 13 demandas. Destas, 10 foram referentes a desaparecimentos, uma sobre resgate de animais, uma solicitando informações e uma com contestação.
“Qualquer informação neste momento é preciosa e pode salvar vidas. Quanto mais pessoas ajudarem, mais poderemos contribuir com as autoridades que estão diretamente envolvidas no resgate”, diz a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.

Disque 100

O Disque 100 funciona diariamente 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel (celular), bastando discar 100.
O serviço pode ser considerado como “pronto-socorro” dos direitos humanos, pois atende também graves situações de violações que acabaram de ocorrer ou que ainda estão em curso, acionando os órgãos competentes, possibilitando o flagrante.

Ligue 180

A Central de Atendimento à Mulher - Ligue 180 é um serviço atualmente oferecido pela Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos, que compõe a estrutura do MMFDH. Por meio de ligação gratuita e confidencial, esse canal de denúncia funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, no Brasil e em outros 16 (dezesseis) países: Argentina, Bélgica, Espanha, EUA (São Francisco e Boston), França, Guiana Francesa, Holanda, Inglaterra, Itália, Luxemburgo, Noruega, Paraguai, Portugal, Suíça, Uruguai e Venezuela.
Além de registrar denúncias de violações contra mulheres, encaminhá-las aos órgãos competentes e realizar seu monitoramento, o Ligue 180 também dissemina informações sobre direitos da mulher, amparo legal e a rede de atendimento e acolhimento.

Reportar erro
registrado em: , ,